MULHERES COM UM NOVO OLHAR DA MODA EM EMPREENDIMENTOS CRIATIVOS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASIL

Este trabalho resulta de uma pesquisa descritiva com foco na abordagem qualitativa para aprofundar-se sobre o trabalho de três empreendedoras da Moda, localizadas em três cidades do estado fluminense (Capital, Niterói e Itaipava), por meio de um estudo de caso. A fim de melhor compreender seus processos de criação e produção, percebemos que elas estabelecem uma relação profunda com formas de consumir mais autorais e criativas. Com o intuito de investigar como se apresenta a produção da Moda na atualidade, identificamos que a Economia Criativa propicia o surgimento de pequenos negócios que propõem o consumo e a produção conscientes, pois almejam transmudar os aspectos negativos supostamente associados à Moda. Além disso, novas formas de sociabilidade pautam maneiras de consumir e produzir que não se apoiam na pura lógica do lucro, mas que são ressignificadas por relações de afeto e de sentido. Assim, fomos a campo para analisar como as empreendedoras ressignificam a sua atuação dentro da Moda. Por meio da produção de peças com caráter genuíno, com aspectos de sustentabilidade, essas três gestoras estão alinhadas aos novos valores relacionados à produção e ao consumo consciente e responsável. Elaboram produtos autorais com alto valor simbólico e que cooperam para a preservação do meio ambiente, para relações mais justas de trabalho e para a valorização da mão de obra feminina. Em seus discursos estão evidentes percepções e sentidos atribuídos ao consumo que ampliam as formas de simples aquisição de artigos da Moda, contribuindo para um maior engajamento social e ambiental. Palavras-chave: Economia Criativa; Moda; Consumo; Sustentabilidade


Video



Comentarios

Inicie Sesión aquí para comentar